Ciclone-bomba aumenta procura por reparos em calhas e rufos

Calhas Kairós - Instalação e Manutenção de Calhas

Joinville – A última terça-feira (30) foi marcada pela passagem do ciclone-bomba no estado de Santa Catarina. O fenômeno natural deixou para trás um rastro de destruição e com ele inúmeros prejuízos. A situação se tornou tão grave que o governo estadual decretou estado de calamidade pública.

Em muitos imóveis, estruturas foram danificadas e em alguns casos, foram levadas pela força do vento. Árvores caíram sobre os telhados, carros foram atingidos por postes, ruas alagadas, e estruturas danificadas. Um dos exemplos é os rufos, as calhas e as pingadeiras, que infelizmente, não resistiram ao vendaval, que registrou uma velocidade de 130 km/h em determinados locais.

De acordo com o proprietário da Calhas Kairós, de Joinville, Jair Catarina, há dezenas de registros de residências que tiveram avarias nas calhas já instaladas. “Muitas delas voaram e tivemos que fazer reparos e dar a assistência necessária”, comenta.

O dia após o ciclone-bomba

Na manhã de quarta-feira (1º), o telefone não parou. Ou, melhor. Tocou até o momento em que foi necessária a manutenção da linha telefônica na região do Bairro Boehmerwald, local onde está localizada a Calhas Kairós. Depois disso, somente atendimento por WhatsApp e e-mail, voltando ao normal somente na manhã dessa sexta-feira (3).

“Somente pela manhã foram mais de dez agendamentos para reparos. Sem contar os demais serviços”, lembra Catarina. Também, muitas pessoas que não tinham calhas, rufos e pingadeiras devidamente em operação em suas casas entraram em contato para, o mais rápido possível, instalar o novo equipamento. Essa foi uma das situações que chamou a atenção da equipe da Calhas Kairós.

“Houve, acima de tudo, uma grande procura por esse trabalho. Como a chuva foi muito intensa, quem não tinha calha em casa, por exemplo, se deu conta de que precisava desse produto”, conta o empresário.

A calha tem o objetivo de conduzir a água da chuva que cai sobre o telhado e encaminhá-la aos condutores verticais. Os rufos e pingadeira, por outro lado, auxiliam na proteção de paredes expostas e evitam infiltração nas juntas. Ou seja, imagina enfrentar um ciclone-bomba sem esse material em casa? Sem dúvida, o prejuízo será muito maior, com riscos sérios de alagamento do imóvel.

Nunca faça reparos em calhas e rufos por conta própria

Mas, vale destacar que se você teve algum tipo de dano em sua calha, rufo ou pingadeira, ou não tem esse produto instalado, recomenda-se, para sua proteção, chamar quem entende do assunto. Em hipótese alguma, suba em telhados ou outras estruturas do imóvel para arrumar o problema. O risco de queda é iminente e pode trazer riscos à vida.

A experiência da Calhas Kairós nesses momentos é o que permite que a equipe trabalhe, mesmo em difíceis condições do tempo, para ajudar você a solucionar esses imprevistos.

Todos os profissionais possuem o treinamento em altura, que é obrigatório nesses casos. A empresa segue à risca a NR 35, que estabelece os requisitos mínimos de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução.

Dados gerais

Para se ter uma ideia, de acordo com o boletim da Defesa Civil de Santa Catarina, 122 municípios catarinenses foram afetados. Além disso, nove pessoas perderam a vida durante o ciclone-bomba, e duas estão desaparecidas.

Esse foi também o pior desastre da história em relação a energia. Segundo a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), 1,5 milhão de imóveis ficaram sem luz, alguns deles por mais de 48 horas.

Ainda, o abastecimento de água, internet e comunicação foram atingidos.

Sábado de atendimento

Normalmente, o horário de atendimento da Calhas Kairós é de segunda a sexta-feira. Porém, por conta da alta demanda, neste sábado (4), o trabalho será estendido, iniciando às 7h30 até às 12h. Portanto, se você precisa de algum produto ou reparo, aproveite mais essa oportunidade. A Calhas Jairós está localizada na Rua Boehmerwald, 1880, no Bairro Boehmerwald, em Joinville.

Fonte: Construir.aí | Marina Kessler
Fotos: Construir.aí

Requisite um orçamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *