Câmeras de monitoramento são responsáveis por 90% das resoluções de problemas em condomínios

câmeras de monitoramento

Itapema – No edifício que você mora há um sistema de câmeras de monitoramento? Você sabe o que acontece ou como funciona o dia a dia do lugar onde mora? Tem enfrentado situações desagradáveis, porém, não faz ideia de como e quando elas ocorrem? Calma! A solução é muito mais simples e prática do que você pensa. E quem dá a dica é a equipe da ITATEC, de Itapema, especialista em sistemas de segurança e monitoramento.

De acordo com o proprietário da ITATEC, Giliardi de Oliveira, as câmeras de monitoramento são hoje grandes aliadas quando se vê a necessidade de coibir questões externas e internas em condomínios. Segundo ele, 90% da resolução de problemas internos ocorrem por conta da presença das câmeras. Os outros 10% se restringem a circunstâncias externas, como furtos ou roubos, por exemplo.

Ter as respostas que os condôminos precisam, no entanto, só ocorre porque o sistema de monitoramento consegue responder quatro importantes perguntas. “Ou seja, é possível identificar quem, quando, onde e como tal situação aconteceu”, comenta Oliveira.

Entre as principais ocorrências internas estão pequenos furtos no hall de entrada do edifício, bagunça, elevadores com sobrecarga e o esvaziamento de extintores de incêndio sem que haja necessidade, por exemplo. Uma brincadeira de muito mal gosto.

Giliardi tem muitas outras histórias para contar, e que, relatadas, fica difícil imaginar que um morador seja capaz de cometer tais atrocidades. Porém, como ele mesmo ressalta, as câmeras não mentem e apontam os verdadeiros fatos.

Onde tudo funciona

Claro que não poderia deixar de citar aqui aqueles edifícios que veem o sistema de monitoramento como um item de extrema necessidade. É o caso do Porto Vila Residencial.

Lá foram instaladas 16 câmeras de monitoramento com alta definição de imagem, que podem ser acessadas a partir de um aplicativo de celular e computadores. Na portaria há ainda um monitor para o vigilante pode acompanhar tudo que ocorre no condomínio.

No local, foram criados diferentes usuários. Ou seja, o intuito é de que o acesso às imagens seja restrito ao síndico e à administradora do condomínio. Os demais moradores, por sua vez, podem visualizar diariamente apenas algumas câmeras, sendo aquelas que não se encaixam nas áreas sensíveis. Segundo Oliveira, áreas sensíveis representam a academia, a piscina e o salão de festas. Para que isso dê certo, são gerados usuários com prioridades diferentes.

“E tem funcionado muito bem, já que os moradores em geral conseguem observar as áreas da garagem, entrada e saída, elevadores, enfim, aquilo que realmente interessa para sua segurança”, comenta.

No entanto, se for necessário compreender alguma ação ocorrida nas áreas sensíveis, qualquer morador pode solicitar as gravações ao síndico ou a administradora de condomínio.

Orientações sobre as câmeras de monitoramento

Depois da instalação de todos os equipamentos de monitoramento e segurança, chegou a hora configurar o sistema nos celulares de cada morador.

A ITATEC repassa um manual com todas as orientações necessárias. Um passo a passo em PDF é encaminhado ao síndico ou para a administradora, e todos conseguem, de forma simples, realizar essa configuração. Vale lembrar que a ITATEC não realiza a configuração individualmente, já que muitos proprietários possuem apartamentos somente para veraneio e não moram na cidade em que possuem o imóvel. Portanto, para facilitar o andamento do processo, o manual é enviado ao responsável pelo condomínio, e ele repassa as orientações.

“O manual é bem explicativo, com prints de telas já com as marcações dos locais onde o usuário deve tocar para configurar o sistema de monitoramento em seu aparelho celular. O próprio morador faz, assim que receber as orientações”, afirma Oliveira.

Para que a configuração ocorra com sucesso é preciso ter o número de série do equipamento, o usuário e a senha repassados pela ITATEC ao responsável.

Portanto, chegou a hora de deixar o condomínio em que você mora muito mais seguro. Entre em contato com a Itatec pelo botão abaixo. Primeiramente, requisite um orçamento. Depois é só aproveitar a praticidade que o novo sistema de câmeras de monitoramento do local onde você vive vai proporcionar.

Fonte: Construir.aí | Marina Kessler
Fotos: Construir.aí

Requisite um orçamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

All search results